Frota dos EUA encolhe

Apesar de sua banalização, as estatísticas servem para detectar fenômenos demográficos, culturais e econômicos mais profundos do que em geral é capaz de perceber a míope análise jornalística. Fiquei intrigado, por exemplo, com a informação veiculada - perdão pelo trocadilho - pelo Earth Policy Institute de Lester Brown: a frota automotiva dos Estados Unidos teria encolhido em 2009.

O número total de veículos nos EUA vinha crescendo de modo mais ou menos constante (veja gráfico acima) desde 1950, chegando a uns 250 milhões. No ano passado, 14 milhões de unidades foram para o ferro-velho, mas só 10 milhões de modelos novos foram vendidos (certamente por efeito da crise econômica), levando ao saldo líquido de -2%. E a previsão de que o encolhimento possa alcançar 10% até 2020.

Não é incrível?