Marcelo Leite

Ciência em Dia

 

Ecologias

Monbiot arrasa Plimer, guru dos "céticos" do clima

 
 

Monbiot arrasa Plimer, guru dos "céticos" do clima

 

Peço desculpas pela brevidade da nota, mas é o que o tempo permite. Não deixe de ler (em inglês, sorry) o artigo do jornalista britânico George Monbiot em que ele narra como pôs o geólogo australiano Ian Plimer no seu devido lugar, o de um falsificador de trabalhos científicos alheios.

Para quem não sabe, Plimer é o herói de "céticos", ou negacionistas (pessoas que negam a ocorrência do aquecimento global ou que este seja causado pela ação humana), como José Carlos de Almeida Azevedo. O australiano escreveu o livro Heaven and Earth: Global Warming - the Missing Science ("Céu e Terra: Aquecimento Global - a Ciência que Falta"), bíblia dessa gente que não tem mais o que fazer senão semear dúvidas desconexas sobre a ciência do clima como quem joga aquilo-que-o-Lula-falou-outro-dia no ventilador.

Monbiot foi desafiado por Plimer para um debate mediado pela revista Spectator, que acabou não acontecendo. Os dois se enfrentaram então num programa de TV da Austrália, a que você pode assistir aqui se tiver banda larga ou em três partes no YouTube (acima), ou ainda ler aqui a transcrição (em inglês).

Quero ver todos os céticos e negacionistas que têm visitado este blog ter a coragem de vir aqui e dizer que Plimer é que está certo e que Monbiot não passa de um embusteiro.

Escrito por Marcelo Leite às 12h05

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bobagens sobre a mudança do clima

 
 

Bobagens sobre a mudança do clima

Quer ler um texto equilibrado sobre o debate entre pesquisadores "céticos" (negacionistas) e adeptos da responsabilidade humana sobre o aquecimento global? Procure a matéria de Michael Totty no Wall Street Journal, que já deu muito espaço no passado para os céticos e, portanto, é insuspeito de fazer parte da suposta conspiração de climatologistas contra o desenvolvimento do Terceiro Mundo.

Li-o na versão traduzida pelo jornal Valor Econômico (aqui, mas alerto que é preciso ser assinante).

Agora, quer ler uma bobagem federal, mesmo, sobre meio ambiente? Não perca esta performance inigualável da ministra Dilma Rousseff a pontificar sobre desenvolvimento sustentável.

 

Escrito por Marcelo Leite às 19h04

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Clima quente

 
 

Clima quente

Reprodução (climatechange.thinkaboutit.eu)

A primeira semana da conferência sobre mudança do clima em Copenhague (COP-15) termina em atmosfera funesta. São muitos os sinais de que pode caminhar para um impasse, até sexta-feira. (...)

Todd Stern, chefe da delegação americana, chegou pisando duro ao Bella Center, onde se reúnem as 15 mil pessoas atraídas pela conferência. É um veterano da negociação do Protocolo de Kyoto (1997), depois denunciado por seu país. (...)

Stern tem a missão ingrata de salvar a cara de Obama enquanto este se encontra de mãos atadas pelo Congresso americano, que adiou para 2010 decisão sobre cortes nas emissões dos EUA. (...) EUA e União Europeia parecem por ora unidos em acuar grandes países emergentes, China à frente.

Pressionam para que estes assumam compromissos mais ambiciosos de cortes nas emissões, até agora aquém do que o planeta precisa (como os 4% sobre 1990 dos EUA, de resto). Ameaçam taxar produtos importados com base nas emissões, apelando para o protecionismo verde. E ainda excluem dar dinheiro à China para financiar o crescimento limpo de sua economia. (...)

A dificuldade maior é que, na hora em que o aquecimento global entra no radar dos negócios e pesa nos bolsos, a questão também é capturada pela polarização ideológica.

Os "céticos" (negacionistas do aquecimento causado pelo homem) lançaram uma ofensiva desesperada em sua guerra santa contra o IPCC com o furto dos e-mails de pesquisadores que, alegam, provariam falsificação de dados. O IPCC e várias autoridades científicas defendem os cientistas que tiveram o sigilo quebrado. Defendem também a integridade do corpo de estudos experimentais que dá apoio a seu Quarto Relatório de Avaliação (AR4), de 2007.

No outro extremo, o deputado republicano James Sensenbrenner (Wisconsin) está exigindo do IPCC banir de seu próximo relatório todos os cientistas cujos nomes apareçam nos e-mails vazados. Um deles, Tom Wigley, recebeu por e-mail ameaças de morte, que estão em investigação pelo FBI. Em Copenhague, a Arábia Saudita tentou usar o "Climagate" para desacreditar conclusões do IPCC.

É nesse clima que começa a COP-15.


Leia a íntegra da coluna Ciência em Dia na Folha de S.Paulo (aqui, só para assinantes).

Escrito por Marcelo Leite às 17h51

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Marcelo Leite Marcelo Leite é repórter especial da Folha e autor do livro "Promessas do Genoma".
RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.